NFC-e começa a ser obrigatória em Fevereiro

16/01/2020


A partir de fevereiro, a emissão da Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica (NFC-e) passará a ser obrigatória para determinados grupos de empresas.

As datas para a implementação serão de acordo com o faturamento de cada empresa:

1º de fevereiro de 2020, para os contribuintes cuja receita bruta anual auferida no ano-base 2018 seja superior ao montante de R$1.000.000,00, até o limite máximo de R$4.500.000,00;

1º de junho de 2020, para os contribuintes cuja receita bruta anual auferida no ano-base 2018 seja superior ao montante de R$500.000,00, até o limite máximo de R$1.000.000,00;

1º setembro de 2020, para os contribuintes cuja receita bruta anual auferida no ano-base 2018 seja inferior ou igual ao montante de R$500.000,00.

Caso o empresário não realize a emissão, ele poderá ser multado devido ao descumprimento das obrigações acessórias. 

O Sindimaco juntamente com a Fecomércio MG, pensando em oferecer praticidade para seus representados, fechou parceria com a Myrp, empresa que fornece um software gratuito para emissão da NFC-e.

Para nossos representados, a gratuidade do aplicativo é vitalícia, mas se você ainda não se associou à entidade, a Myrp oferece seis meses grátis para utilizar o software.

 

Evite esse transtorno. Acesse aqui o emissor on-line de NFC-e